De 152 ultrapassagens perigosas registradas em 2018, a Polícia Rodoviária Federal verificou elevação em 57,2% dos registros neste ano, atingindo 239 infrações durante o feriado prolongado.

Segundo balanço da Operação Nossa Senhora Aparecida, ao todo foram contabilizadas 1.337 infrações nas rodovias federais que cortam o Estado. No ano passado, o balanço resultou em 1.093 registros durante os quatro dias de operação.

Não foram informados os dados sobre infrações por excesso de velocidade depois da flexibilização da fiscalização nas BR’s por conta do despacho do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) em agosto.

O chefe do executivo nacional determinou a suspensão do uso de radares estáticos, móveis e portáteis nas rodovias federais, prosseguindo apenas com os fixos.

Ele ainda mandou recolher os equipamentos, validando a decisão até que o Ministério da Infraestrutura conclua a reavaliação da regulamentação dos procedimentos para fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

Em acidentes, as rodovias federais em MS registraram um caso a mais comparado ao ano passado. Uma pessoa morreu e 19 ficaram feridas. Em 2018, 25 usuários ficaram feridos e um óbito foi registrado.