Após meses de investigação sobre uma quadrilha, o Garras (Delegacia Especializada Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) prendeu membros que tentavam roubar um caixa forte do Banco do Brasil. Os bandidos construíram um túnel de cerca de 63 metros para chegar ao caixa localizado no bairro Monte Castelo, em Campo Grande.

Conforme informações apuradas pela reportagem, a quadrilha estava atuando na Capital, mas não era de MS. Seis pessoas foram presas em flagrante. Dois membros da quadrilha morreram em confronto com os policiais do Garras e há, ainda, presos internados após se ferirem durante o confronto. Alguns integrantes estão foragidos.

Testemunhas contaram ao Jornal Midiamax que ouviram muitos tiros durante a noite e se assustaram. A operação do Garras para capturar os criminosos foi montada no cruzamento da rua Minas Gerais com a rua Alegrete, onde ficava localizada a casa onde a quadrilha começou a cavar o túnel.

Durante a operação, foram apreendidos uma Toyota Hilux com placa de Pernambuco e um caminhão com placa de Ponta Porã. Uma coletiva de imprensa ainda deve ser marcada para a apresentação dos presos.