Autoridades paraguaias informaram há pouco que cerca de homens ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e que estavam presos na Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero fugiram durante a noite de ontem e madrugada deste domingo (19). Todos os fugitivos estavam em um único pavilhão que era destinado aos membros da organização criminosa e somente um dos detentos que estavam no local não conseguiu fugir. Ainda de acordo com informações de jornalistas da região cerca de 200 bolsas com terra retirada do solo onde o túnel foi cavado foram encontradas nas celas que abrigavam os presos considerados mais perigosos e muitos deles líderes da organização na região de fronteira. A fuga movimenta policiais dos dois lados da fronteira e até o momento nenhum preso foi capturado. A descoberta da fuga em massa aconteceu por volta das seis horas da manhã no horário de verão no Paraguai, cinco da manhã no horário de Mato Grosso do Sul.