“Olá, me chamo **** e trabalho com CNH, por favor qual seu nome? De qual cidade você é? E qual categoria tem interesse?”, é assim quem um suposto funcionário do Detran-MS começa uma conversa no WhatsApp assim que recebe uma mensagem. Denúncia feita ao Jornal Midiamax revela que o golpista se identifica como suposto funcionário do órgão no município de Dourados, a 220 quilômetros de Campo Grande e oferece CNH por R$ 2 mil com emissão prevista em até 20 dias.

O leitor, que prefere não se identificar, se deparou com um anúncio no Facebook que circulava livremente com os dizeres “Sem provas e exames. Documento original do Detran. Renovação garantida” e chamou a atenção do rapaz que entrou em contato com o Jornal Midiamax.

No anúncio há um telefone de contato via WhatsApp, que leva direto ao ‘vendedor’. Por áudios ele confirma que o valor da CNH é de R$ 2 mil para as categorias AB – carro e moto – e garante que a obtenção do documento não trará problemas nenhum para o comprador.

“A categoria A e B hoje tá no valor de R$ 2 mil, você paga e tá livre de toda a etapa burocrática exigida pelo Detran. Não vai tá precisando fazer exame, teste, autoescola, nada. Nosso trabalho aqui vai ser acelera o nosso, seu processo, né. Dar baixa em todos os exames e garantir que a CNH fique pronta entre 15 e 20 dias úteis”, diz o rapaz no áudio

Na conversa, ele ressalta que o documento é original. “CNH original, com prontuário.  Com Renach constando no sistema do Detran, que você poderá apresentar em qualquer blitz sem qualquer tipo de problema”, disse o suposto servidor.

Questionado sobre o procedimento ser ilegal,  por áudio ele responde “Sim, meu caro. Você já sabe disso, todos sabemos a forma certa de fazer, entendeu. A gente só tem esse esquema aqui pra tá ajudando algumas pessoas. Se você tiver realmente interesse em tá fazendo a gente conversa, senão se você só quiser saber e quiser perguntar alguma coisa. Você já sabe que é ilegal, não preciso nem ficar te explicando muito”, diz.

Segundo ele para iniciar o processo, é preciso enviar a documentação RG, CPF, comprovante de residência, bem como a assinatura. E a retirada da CNH pode ser feita diretamente no Detran-MS em Dourados, ou ele envia o documento via Correios.

No vídeo, ele filme outra pessoa que mostra o QR Code, e comprova a veracidade do documento. E diz que quem quiser adquirir pode ir com “confiança e procurar por ele no Detran-MS”. Ele ainda ressalta “trabalho de qualidade”.

Detran-MS

Blitz

Na terça-feira (23), durante uma blitz, na Avenida Presidente Ernesto Geisel, em Campo Grande, um rapaz de 27 anos foi detido com uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsificada. Ele disse ter comprado o documento de um funcionário do Detran e afirmou ter pago R$ 1 mil.

Mais notícias