Um dia após os alagamentos registrados em Itaporã, moradores começaram a contabilizar os prejuízos deixados pela chuva que atingiu a cidade ontem pela manhã.

Foram aproximadamente 160 milímetros ‘derramados’ em um curto intervalo de tempo, o que acabou transbordando os dois córregos que passam pelo município: o Sardinha e o Canhadão.

Em entrevista ao Dourados News, o prefeito Marcos Pacco estimou que cerca de 30 a 40 famílias acabaram afetadas pelo aguaceiro. Ele estuda decretar estado de emergência.

“Ontem conversei com o secretário de governo, amanhã eu me encontro com o governador durante uma agenda no interior e uma equipe da Defesa Civil já foi acionada. Eles estão a caminho de Itaporã para fazerem o balanço geral dos estragos e, a partir disso vamos analisar a necessidade de um decreto de emergência”, explicou Pacco.

Os bairros mais afetados foram o Pioneiro I, Jardim Coimat e áreas rurais.

Floriano D’ávilla Vasques, 54, recebeu a reportagem do Dourados News na casa onde a filha dele mora há 6 anos. A força da enxurrada levou a parede da casa e empurrou todos os pertences da família para o terreno aos fundos. Veja no vídeo abaixo!