Morreu na noite de ontem (4/10) no Hospital da Vida, em Dourados, Giselly Freitas de Brito, 18, moradora no Altos da Alvorada.

Ela estava gestante de quatro meses e acompanhava o marido Adenilson Ferreira Pereira, 22, na moto envolvida no acidente registrado horas antes, na MS-276, em Indápolis.

O óbito do rapaz foi constatado no local.

Conforme a ocorrência, o casal trafegava sentido Deodápolis, quando colidiu contra o Toyota Corola conduzido por um rapaz de 30 anos.

À polícia, o motorista contou que dirigia rumo a Dourados após participar de uma audiência em Nova Andradina quando tentou desviar de um caminhão que invadiu a pista contrária.

Após a manobra, ainda conforme o rapaz, o pneu estourou e o carro rodou, colidindo contra a moto de Adenilson.

Giselly ainda recebeu atendimento de socorristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e do Corpo de Bombeiros, porém, não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada no Hospital da Vida.

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial como morte a esclarecer.