Adonias André Barboni de Oliveira, 32, foi preso na tarde de ontem (1°) após denúncias o apontarem como traficante na região do bairro Estrela Porã, em Dourados. De acordo com as informações repassadas à polícia, o acusado mantinha o estoque de droga enterrado em uma mata aos fundos do imóvel onde ele mora, na Rua Projetada D.

A ação que prendeu Adonias contou com militares da ALI (Agência Local de Inteligência), Canil e Getam (Grupamento Especial Tático de Motos). Na abordagem ao imóvel foram encontrados com o acusado algumas porções de maconha e uma garrucha calibre 22. Além disso, os militares acharam também R$ 3.309,00 em espécie e duas balanças de precisão.

Ele foi abordado no momento em que saía da mata, o que motivou a polícia a fazer buscas com os cães farejadores, que logo encontraram enterrado, a cerca de cinco metros da casa, 41 tabletes de maconha e 105 porções do entorpecentes já prontos para a comercialização.

Toda droga apreendida contabilizou 39,7 quilos.

Na delegacia Adonias negou a acusação de tráfico. Ele afirma que não ter nenhuma relação com a maconha encontrada na mata e que o dinheiro era resultado das economias de uma conveniência ao qual ele é proprietário, cuja finalidade seria a compra de um freezer.

MANDADO

Na hora da prisão, estava na companhia de Adonias, Diego Lucas Souza Ferreira, 32, que tinha mandado de violência doméstica praticada em Campo Grande em aberto. Ele foi encaminhado juntamente para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados onde também acabou sendo preso.