A Polícia Nacional do Paraguai prendeu na sexta-feira (12/4), um dos suspeitos de assassinar a tiros o missionário norte-americano Wayne Laroy Goddar, 50. O crime ocorreu no dia 10 de abril em uma colônia paraguaia no departamento de Canyndeú, próximo ao município de Paranhos, Sul do MS.

Segundo informações do Ponta Porã Informa, o suspeito é Atanacio Godoy.

Contra ele havia um mandado de prisão por um roubo feito em 2012. Durante a sua prisão, a polícia apreendeu duas espingardas.

Wayne foi assassinado por cinco homens com tiros que atingiram seu peito, braço e mão. O norte-americano era naturalizado paraguaio e teve sua propriedade rural invadida pelos atiradores.

O missionário chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. Próximo da fazenda do missionário foi encontrado pela polícia uma espingarda, calibre 20, e um laptop que seria da vítima.