A Polícia Civil prendeu dois homens e apreendeu dois adolescentes em Ribas do Rio Pardo, acusados de divulgar nas redes sociais, vídeo difamando um grupo de mulheres. O caso aconteceu nesta semana, mas foi divulgado apenas ontem (9/1).

Segundo o Campo Grande News, um dos menores criou o vídeo, que foi compartilhado no canal de ‘status’ do Whatsapp por outro jovem.

Os suspeitos identificados apenas como Rafael, 21 anos, e Lucas, 18 anos, aproveitaram a situação e publicaram comentários ofensivos, relacionado ao vídeo, no Facebook.

“Todas as meninas do vídeo são marmitas e quem criou o grupo deveria ganhar um prêmio”, postou Rafael na rede. Já Lucas reforçou a ideia do colega dizendo que faria as meninas de “marmitex”. Termo pejorativo se referindo a mulher que só serve para sexo.

Ainda de acordo com o Campo Grande News, o vídeo repercutiu em várias cidades do Estado. Depois de ouvir todos os envolvidos, a Polícia Civil prendeu Rafael e Lucas em flagrante.

Eles vão responder por onze crimes de difamação, pois foram onze vítimas. Já os menores vão responder por ato infracional análogo ao mesmo crime.