O suboficial Juan Alberto Cabañas foi “fechado” por pistoleiros e acabou ferido. O fato ocorreu na manhã desta quarta-feira (20), em estrada vicinal próxima a Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com o Brasil. Houve troca de tiros.

Ele seguia em seu veículo modelo Toyota Corolla, cor prata, placas CEA 733, Paraguai, na estrada vicinal da colônia Fortuna Guazu em direção a cidade de Pedro Juan Caballero, cerca de 15 km da fronteira com o estado do Mato Grosso do Sul, quando o atentado ocorreu.

Conforme o Porã News, dois pistoleiros em uma motocicleta de cor vermelha se aproximaram e realizaram vários disparos de pistola 9mm contra o policial que revidou.

Cabañas foi atingido na altura da testa. Ainda conforme o Porã News, um dos pistoleiros teria ficado ferido. A dupla abandonou a motocicleta nas imediações do atentado e fugiu a pé pelo matagal.

O suboficial foi socorrido para o Hospital Regional de Pedro Juan Caballero e após receber atendimento médico foi encaminhado ao hospital policial na cidade de Assunção, na capital do Paraguai e seu estado de saúde é considerado estável.

Agentes da Polícia Nacional do Paraguai de Pedro Juan Caballero realizaram buscas pelos autores, no entanto, ainda não foram encontrados.

As causas que motivaram a ação dos pistoleiros são desconhecidas até o momento.