Um homem de 58 anos foi morto pelo filho na madrugada de domingo (9), em Antônio João, a 301 quilômetros de Campo Grande, após se negar a levá-lo para comprar mais bebida alcoólica. O homicídio aconteceu na casa da família, em um assentamento rural. O suspeito fugiu.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a esposa da vítima disse aos policiais que o filho pediu para levá-lo até o distrito Cabeceira do Apa para comprar mais bebida alcoólica. Conforme relato da mulher à polícia, rapaz já estava embriagado e então o pai se negou a levá-lo.

Diante da resposta negativa, o filho deu um soco na cabeça do pai, que caiu e começou a sangrar. A mãe tentou intervir, mas o suspeito passou a ofendê-la e, com medo, ela se escondeu nos fundos da casa.

A mulher disse aos policiais que só voltou para o interior da casa no início da manhã e se deparou com o marido morto. Disse ainda que não chamou a polícia antes porque pensou que a agressão não havia sido grave.

Um vizinho da família contou à polícia que havia se deparado com o suspeito na região e este havia pedido que o levasse até o distrito de Copo Sujo, em Maracaju, para pegar um ônibus para Caarapó. Sem saber da agressão, atendeu ao pedido.

O caso foi registrado como homicídio e até a publicação desta reportagem o rapaz não tinha sido encontrado.