Duas crianças de sete e nove anos, denunciaram o irmão de 16, por estupro e por drogá-las com pasta-base de cocaína. Sergundo o Campo Grande News, as vítimas contaram à polícia que o crime vinha acontecendo há 1 ano na casa onde viviam com um tio materno no Jardim Noroeste, em Campo Grande.

Porém, o caso veio à tona ontem (17/2), quando as vítimas contaram a situação para a madrasta, e relataram ainda que não queriam voltar a morar com o pai, pois eram abusadas pelo irmão e obrigadas a usarem pasta-base de cocaína.

Ao ficar sabendo do fato, o pai entrou em contato com tio parar tirar satisfação e ouviu dele que as crianças haviam sido pressionadas a contar mentiras. Em razão disso, o Conselho Tutelar e a Polícia Militar foram acionados e levaram os envolvidos à Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). O pai não permitiu que o tio levassem as crianças de volta.

Os dois, então, foram entregues pelo Conselho Tutelar a uma tia materna.

O delegado da Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude), Fábio Sampaio, que ficará responsável pelo caso, pretende intimar os responsáveis pelas crianças ainda na tarde desta segunda-feira (18/2).

Por envolver adolescentes e crianças, os nomes dos envolvidos são preservados por imposição do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).