Policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) investigam denúncia de possibilidade de ataque a uma escola na região Nordeste de Dourados. A ação estaria sendo articulada por um adolescente de 17 anos.

O nome e o bairro do estabelecimento de ensino não foram divulgados.

De acordo com o apurado pelo Dourados News, a direção da unidade teria entrado em contato na delegacia após suspeitar de ações do menor, que vem sofrendo de depressão há meses.

Durante investigações os agentes encontraram indícios que levavam a possibilidade de o fato ocorrer.

Após a Justiça expedir mandado de busca e apreensão, os policiais se deslocaram na manhã desta quarta-feira (10/4) até a casa do rapaz e apreenderam o aparelho de telefone celular dele e duas facas. O jovem não foi levado para depor.

Ainda segundo apurado pelo Dourados News junto à polícia, o adolescente fazia parte de grupos em rede social que fazem menção aos atentados de Columbine, que resultou na morte de 15 pessoas nos Estados Unidos em 1999, e mais recentemente, no caso que ficou conhecido como Massacre de Suzano, terminando em 10 mortes.

O caso ainda é investigado.