Foi identificada como Rosimar Gomes de Souza da Cruz, 27, a mulher encontrada morta na manhã desta sexta-feira (10/5) na favela do bairro Estrela Verá, em Dourados. Ela tem as mãos amarradas com pano e uma corda no pescoço, apresentando vários sinais de tortura.

Policiais civis do SIG (Setor de Investigações Gerais) realizavam rondas pela região, quando populares avisaram sobre o corpo. Logo em seguida, a Polícia Militar chegou ao local.

Rosimar estava numa estrada vicinal da região, próximo a uma estação de tratamento de água, local de difícil acesso.

Não é descartada a possibilidade dela ter sido vítima de um ‘tribunal do crime’, julgamento interno realizado por integrantes de facção criminosa para decidir sobre a ‘pena’ dos envolvidos.

A perícia realiza os trabalhos de praxe para saber como ocorreu a morte.