Fabiana Correia Fernandes, 35 anos, mais conhecida como “Maligna”, moradora na vila Cachoeirinha, periferia de Dourados, morreu por volta das 13 horas desta quinta-feira, dia 29 de novembro, no Hospital da Vida, onde estava internada desde o dia 14, quando foi atingida por um disparo de arma de fogo na parte posterior da cabeça, próximo da nuca.

Segundo informações da Polícia Civil, onde o caso foi registrado, no dia dos acontecimentos, Maligna estava ingerindo bebida alcoólica, na companhia do marido e outros dois homens nos fundos da lavanderia da Cachoeirinha, quando por volta das quatro horas da madrugada, o esposo saiu para comprar cigarros em uma conveniência próxima, mas logo após sair ouviu o barulho de um tiro e voltou, encontrando a esposa caída.

Fabiana foi socorrida e encaminhada para o Hospital da Vida, em estado de saúde gravíssimo, onde ficou internado até esta quinta-feira, quando não resistiu a gravidade do ferimento e acabou morrendo.