Ítalo Henrique Ramirez, 19, morador na Vila Seac, foi preso na manhã desta segunda-feira (16/4) em Dourados. Ele é acusado de ser comparsa de Wesley Alves Jardim, 27, na realização de assalto no município.

De acordo com o apurado junto a polícia, a dupla teria cometido o roubo de restaurante localizado na rua Rio Brilhante, no dia 10 de março.

O jovem estava em liberdade condicional e responde por tráfico de drogas e teve a prisão temporária decretada após ser reconhecido no assalto através de câmeras de segurança. Hoje pela manhã, ele foi até o 1º Distrito Policial para resolver assuntos particulares e acabou preso.

Ramirez nega a participação no fato, porém, acabou autuado e encaminhado a uma das celas da delegacia.

O CASO

No dia 11 de março, Wesley Alves Jardim, 27, foi preso após assaltar um restaurante localizado na rua Rio Brilhante no sábado. Ele estava na companhia de um comparsa armado e levou do local R$ 300.

Com auxílio das câmeras de segurança instaladas na região e investigações do SIG (Setor de Investigações Gerais), policiais do plantão prenderam Wesley.