Gelso de Oliveira Arevalo, 39 anos, vulgo Armando e Geovane da Silva Vasques, 18 anos, que foram presos da manhã de ontem, dia 08 de junho, acusados de serem os autores do assassinato de Rosilene Rosa Pedro, 34 anos e Osvaldo Ferreira, 38, serão apresentados nesta segunda-feira, dia 10 de junho, na sede do 1º Distrito Policial de Dourados.

Em depoimento Gelso disse que na sexta-feira, saiu de casa para consertar uma bicicleta e que no caminho encontrou Geovane que o acompanhou até a bicicletaria e de lá saíram para beber e por acaso encontraram Osvaldo.

Logo depois os três compraram várias garrafas de bebidos e foram para a Casa de Osvaldo, onde continuaram bebendo e conversando, até surgir o assunta da morte de Felismar Benitez Ortiz, de 28 anos, encontrado morto no dia 03 de junho em uma lagoa da aldeia Bororó.

Osvaldo disse a Gelson que sabia ser ele o autor do assassinado de Felismar e com medo de ser denunciado, a princípio agrediu Osvaldo com uma garrafada na cabeça e em seguida auxiliado por Geovane passou a desferir os golpes de faca que matou a vítima.

Ainda segundo Gelso, neste momento a mulher de Osvaldo, Rosilene entra na briga para defender o marido, mas é dominada pela dupla, amarrada, despida, estuprada e morta, também a golpes de faca.

Os dois foram autuados em flagrante, pelos crimes de homicídio qualificado e estupro.