Os presídios de Mato Grosso do Sul estão em estado de alerta para manifestações de presos relacionadas ao segundo turno das eleições, que ocorre no domingo (28). Um comunicado interno foi encaminhado na última sexta-feira (26), às unidades prisionais para que os responsáveis fiquem atentos à possíveis manifestações de detentos.

Mantenham a atenção redobrada no dia 28/10/2018, considerando que há ‘rumores’ de possíveis manifestações dentro das unidades penais, após o resultado das eleições do segundo turno”, informa o documento.

Ainda não é possível informar que tipo de manifestações podem ocorrer dentro dos presídios. Em Mato Grosso do Sul, os eleitores vão às urnas para escolher quem vai comandar o governo do Estado, disputa entre o atual governador Reinado Azambuja (PSDB) e o candidato Juiz Odilon (PDT). Nacionalmente, a presidência do Brasil está entre os candidatos Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL).

A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) foi procurada pela Jornal Midiamax não emitiu posicionamento até a publicação deste texto. Caso o órgão se manifeste, a matéria será atualizada.