A Polícia Nacional do Paraguai realiza desde as primeiras horas de hoje uma grande operação a caça de traficantes e foragidos estrangeiros que atuam na fronteira Paraguai/Brasil. Até o fechamento dessa reportagem já haviam sido presos dez estrangeiros e apreendida grande quantidade de drogas, veículos e armas. Entre os presos estão brasileiros e argentinos apanhados em Pedro Juan Caballero.

A operação da Polícia Nacional com apoio do Ministério Público na luta contra o narcotráfico, foi desencadeada após um ataque ocorrido em Pedro Juan Caballero, Departamento de Amambay. Todos os indivíduos presos estavam de posse de entorpecentes. Um dos pontos principais da operação, foi o Hotel Guavira, no centro de Pedro Juan Caballero onde acompanhados da administração do estabelecimento foram vistoriados 22 quartos localizados no último andar.

No quarto 19, ocupado pelo douradense Odair Ferreira dos Santos de 42 anos, os policiais encontraram maconha, no 22 estava Rafael Dayni Spiridigliozzi, também brasileiro e de 43 anos, encontrado com maconha. O 29, conforme registro do estabelecimento, era acomodação do brasileiro Marcelo Mendes Godoy, de 46 anos, que não estava no local, mas os policiais apreenderam três pacotes de maconha embalada a vácuo, totalizando 467 gramas e 17 pães também de maconha, pesando 1,4 quilos toda droga encontrada no forro de madeira do quarto.

A operação segiu no hotel e no quartto 33, aposento de outro brasileiro, Weber Vitalino dos Santos (45), os policiais apreenderam trêss “pedras” grandes de crack e uma balança de precisão. Em seguida foi apanhado Wesley Prado de Carvalho, também com maconha.

Foram igualmentte presos Oscar Federico Velilla Caro, paraguaio de 34 anos, Carlos Daney Benitez, paraguaio com 27 anos, o argentino Ezequiel Alejandro Olmos (27), o também argentino Pablo Ismael Olmos, de 25 anos, Jonaatan Herman Olmmos, outro argentino, com 29 anos.

Além das drogas os policiais apreenderam revolver INA calibre 32, pares de placas de veículos brasileiros cadastrados como furtados/roubados. Uma caminhonete Mitsubishi ano 2012, da cidadde de Mortinho-MG, aparentemente roubada além de dez celulares sem origem definida.