Um policial militar ambiental lotado em Dourados seria o autor dos tiros que terminaram na morte de um homem na tarde desta segunda-feira (7/7) numa das salas de cinema do Shopping Avenida Center.

Ele foi identificado apenas como Djavan e está preso no local.

O fato ocorreu durante a exibição do filme. Ele e a vítima, identificada preliminarmente como Julio Cesar Cerveira teriam se desentendido por causa de uma cadeira. Em seguida o policial efetuou os disparos.

Um cordão de isolamento foi colocado no espaço onde funciona o cinema e a perícia trabalha no local.

Várias crianças estavam na sala e viram toda a ação. Houve tumulto na tentativa de saída do espaço.